quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

NORMAS DE PUBLICAÇÃO

 

 

  

HISTÓRICO DA REVISTA

 

Agulha Revista de Cultura foi criada por Floriano Martins, em novembro de 1999. Publicados os primeiros números Claudio Willer foi convidado para assumir como coeditor, ficando na revista até o número 70, quando em seu lugar entra Márcio Simões, que se mantém como editor assistente até 2022, momento em que é substituído por Elys Regina Zils, que no ano seguinte assume a direção total da revista.

Agulha Revista de Cultura surge em função de uma imensa lacuna na imprensa literária brasileira no que diz respeito à publicação de estudos críticos (ensaios, enqueres, resenhas, entrevistas). Assim, a revista oferece acesso livre ao seu conteúdo e proporciona maior democratização do conhecimento.

Desde o princípio uma das características da revista é a inclusão de um artista convidado a cada edição, quando este comparece com a reprodução de quase 50 de suas obras. Até o momento a revista publicou mais de 200 artistas, de vários países do mundo.

 

PERIODICIDADE

 

A partir de 2024, a Agulha Revista de Cultura se torna mensal.

 

CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO

 

Agulha Revista de Cultura publica ensaios, enquetes, resenhas e entrevistas escritos em português ou espanhol, com no mínimo 3 mil palavras que estejam no âmbito da arte e cultura. Os textos não necessitam ser inéditos.

O arquivo da submissão deverá estar em formato Microsoft Word, OpenOffice ou outro formato de arquivo editável. As páginas devem ter tamanho A4, usar fonte tamanho 12-pontos, empregar itálico em vez de sublinhado para as referências e títulos de obras. Não utilizar figuras e tabelas no texto.

Acrescentar uma minibiografia do autor, com ano de nascimento, trajetória e publicações. Incluir uma foto de perfil do autor.

A revista não cobra quaisquer taxas para submissão e processamentos dos ensaios, enquetes, resenhas e entrevistas.

O material para submissão deverá ser enviado para:

Elys Regina Zils: elysre@gmail.com

ou

Floriano Martins: floriano.agulha@gmail.com

A revista se reserva o direito à rejeição do material submetido por seus autores uma vez violada qualquer uma das regras editoriais ou éticos para a publicação.

 

DECLARAÇÃO DE DIREITO AUTORAL

 

A Agulha Revista de Cultura se reserva o direito de efetuar alterações de ordem normativa, ortográfica e gramatical, respeitando o estilo dos autores.

A opinião emitida nos textos publicados é de exclusiva responsabilidade de seus autores, assim como a responsabilidade no que se refere a qualquer tipo de plágio presente nesses textos.

A obtenção da autorização para usar em seus ensaios materiais protegidos por leis de direitos autorais é de exclusiva responsabilidade dos autores.

 

EQUIPE EDITORIAL

 

Diretor


FLORIANO MARTINS (Fortaleza, 1957). Poeta, editor, dramaturgo, ensaísta, artista plástico e tradutor. Criou em 1999 a Agulha Revista de Cultura. Coordenou (2005-2010) a coleção “Ponte Velha” de autores portugueses da Escrituras Editora (São Paulo). Curador do projeto “Atlas Lírico da América Hispânica”, da revista Acrobata. Esteve presente em festivais de poesia realizados em países como Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, República Dominicana, El Salvador, Equador, Espanha, México, Nicarágua, Panamá, Portugal e Venezuela. Curador da Bienal Internacional do Livro do Ceará (Brasil, 2008), e membro do júri do Prêmio Casa das Américas (Cuba, 2009), foi professor convidado da Universidade de Cincinnati (Ohio, Estados Unidos, 2010). Tradutor de livros de César Moro, Federico García Lorca, Guillermo Cabrera Infante, Vicente Huidobro, Hans Arp, Juan Calzadilla, Enrique Molina, Jorge Luis Borges, Aldo Pellegrini e Pablo Antonio Cuadra. Criador e integrante da Rede de Aproximações Líricas. Entre seus livros mais recentes se destacam Un poco más de surrealismo no hará ningún daño a la realidad (ensaio, México, 2015), O iluminismo é uma baleia (teatro, Brasil, em parceria com Zuca Sardan, 2016), Antes que a árvore se feche (poesia completa, Brasil, 2020), Naufrágios do tempo (novela, com Berta Lucía Estrada, 2020), Las mujeres desaparecidas (poesia, Chile, 2022) e Sombras no jardim (prosa poética, Brasil, 2023). Contato: floriano.agulha@gmail.com.

 

Editora


ELYS REGINA ZILS (Brasil, 1986). Poeta, artista visual, tradutora. Doutoranda e Mestre em Estudos da Tradução pela PGET/Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Possui graduação em Letras-Língua Espanhola e Literaturas e Letras-Português também pela UFSC/Florianópolis, Brasil. Se dedica à Literatura Latino-americana, pesquisando principalmente Vanguardas Literárias e Artísticas com ênfase em Literatura Surrealista Latino-americana. Editora da Agulha Revista de Cultura (2023), revista criada por Floriano Martins. Tradutora, ao lado dele, de sua trilogia dedicada ao surrealismo, que inclui Um novo continente – Poesia e Surrealismo na América, 120 Noites de Eros – Mulheres surrealistas, e Cartas mágicas – Viagens do Surrealismo. Traduziu Os elementos terrestres de Eunice Odio, pela Sol Negro Edições. Tem sido responsável, parcialmente, pelas traduções de poetas hispano-americanos para o “Atlas Lírico da América Hispânica”, da revista Acrobata. São delas os desenhos que compõem as aberturas de sessões em nosso portal. Contato: elysre@gmail.com.

  

 


 

 


quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

SÉRIES & DOSSIÊS


 

 

1991 | Poetas brasileños

https://blancomovil.com.mx/pdf/BlancoMovil_47.pdf

Número especial da revista mexicana Blanco Móvil organizado por Floriano Martins, com a presença de destacados nomes da lírica no Brasil.

 

1998 | Narradores y poetas de Brasil

https://blancomovil.com.mx/pdf/BlancoMovil_75.pdf

Número especial da revista mexicana Blanco Móvil organizado por Floriano Martins, com a presença de destacados nomes da literatura brasileira.

 

2004 | Poetas y narradores portugueses

https://blancomovil.com.mx/pdf/BlancoMovil_90.pdf

Número especial da revista mexicana Blanco Móvil organizado por Floriano Martins e Maria João Cantinho, com a presença de destacados nomes da literatura portuguesa.

 

2007-2009 | Surrealismo: poesia & liberdade

https://triplov.com/surreal/index.html

Seleção de ensaios e entrevistas, organizada por Floriano Martins e Maria Estela Guedes, registrado como banco de dados permanente no Triplov (Portugal).

 

2010 | Preguntas sobre literatura y vida

https://blancomovil.com.mx/pdf/BlancoMovil_115.pdf

Número especial da revista mexicana Blanco Móvil organizado por Eduardo Mosches e Floriano Martins, como parte das comemorações dos 10 anos de existência da revista. A edição se apresenta na forma de uma enquete que é respondida por escritores de vários países do mundo.

 

2010-2011 | Agulha Hispânica

https://arcagulharevistadecultura.blogspot.com/2016/06/serie-especial-agulha-hispanica-2010.html

Índice completo do período que vai de janeiro de 2010 a novembro de 2011, quando a Agulha Revista de Cultura publica unicamente matéria que dizem respeito às artes e à cultura no âmbito do idioma espanhol, tendo por essa razão alterado seu nome para Agulha Hispânica.

 

2016 | Vanguardas no século XX

https://arcagulharevistadecultura.blogspot.com/2016/06/serie-especial-vanguardas-no-seculo-xx.html

Dossiê a cargo de Floriano Martins que registra as reflexões críticas e mapeamento histórico de 40 escritores sobre o período das vanguardas em cada país da América Hispânica.

 

2018 | Surrealismo a palavra mágica do século XX

https://athena.pt/2018/11/17/surrealismo-e-a-palavra-magica-do-seculo-cesar-moro/

Dossiê a cargo de Floriano Martins, uma parceria entre Agulha Revista de Cultura e revista Athena, em seu número 6, de novembro de 2018. Reúne retratos críticos e poemas de 20 importantes poetas surrealista em vários países do mundo.

 

2019 | 21 mulheres surrealistas

https://triplov.com/revistaTriplov/indice-serie-gotica-outono-2019-2/

Um dossiê publicado pela Revista Triplov de Artes, Religiões e Ciências, com organização, tradução e estudo introdutório de Floriano Martins.

 

2019 | Centenário do Surrealismo 1919-1019

https://arcagulharevistadecultura.blogspot.com/2022/04/centenario-do-surrealismo-1919-2019.html

Em um antigo editorial da revista, escrevemos: a trajetória de vida de Agulha Revista de Cultura é marcada por esse sentido singular de conquista e desbravamento. Não cortejamos o túmulo da glória. Arriscamo-nos sempre a difundir nomes de pouca circulação ou esquecidos, desde que não faltasse consistência a seu trabalho. Mesmo agora, com uma série de 200 textos sobre Surrealismo, exploramos relações incomuns, como comics, Beatles, a presença das mulheres no movimento etc.

 

2021 | Partituras do maravilhoso

https://arcagulharevistadecultura.blogspot.com/2021/10/agulha-revista-de-cultura-projeto.html

Projeto editorial que envolve toda a América Ibérica, incluindo o Brasil, onde cada número tinha um editor convidado, responsável pela preparação de pauta e o editorial. Foi uma grata experiência da revista, a cumplicidade com colaboradores valiosos que se dispuseram a preparar uma edição dedicada à cultura de seus países.

 

2021 | Poetas de Iberoamérica: exilios

https://blancomovil.com.mx/pdf/BM151-152.pdf

Número especial da revista mexicana Blanco Móvil, organizado por Berta Lucía Estrada e Floriano Martins, que trata da presença do exílio na vida e obra de escritores ibero-americanos.

 

2021-2022 | Conexão hispânica

https://arcagulharevistadecultura.blogspot.com/2022/12/conexao-hispanica-2021-2023_27.html

Conexão Hispânica consolida o projeto de maior relevância da Agulha Revista de Cultura, de difusão da tradição lírica hispano-americana. Ao lado do Atlas Lírico da América Hispânica – uma realização da revista Acrobata –, complementam-se e permitem ao leitor um convívio cada vez mais amplo com a diversidade dessa tradição. Se o Atlas atua como uma antologia poética, a Conexão reúne estudos críticos sobre os poetas. Irmanam-se assim as duas revistas em uma grande ambição. Realizado em duas etapas, em 2021 são reunidos ensaios sobre 189 poetas, enquanto que em 2022, tomando por base uma enquete intitulada “A criação poética e seus espelhos”, são registradas as opiniões de 44 poetas.

 

2022 | Surrealismo Surrealistas

https://arcagulharevistadecultura.blogspot.com/2022/01/surrealismo-surrealistas.html

20 números da revista dedicados a 200 surrealistas em todo o mundo, surrealistas de todas as linhagens e gerações, precursores e contemporâneos, bem como críticos e historiadores, de todos os continentes, empenho dedicado a levar ao público uma visão crítica do movimento em todos os campos da criação artística.

 

2023 | A arte no século XXI

https://arcagulharevistadecultura.blogspot.com/2023/01/a-arte-no-seculo-xx-2023.html

Série dedicada à presença da arte – não apenas limitada ao campo plástico, mas abrangendo todas as formas de criação – no século XXI, os primeiros sinais da sua estética, bem como as nuances características do próprio artista, vistas através do encontro sempre revelador entre o homem e a realidade que o define. Foram convidados colaboradores em vários países e a resposta superou as expectativas.

 

2023 | Poetas hispano-americanos do século XX

https://arcagulharevistadecultura.blogspot.com/2023/07/poetas-hispanoamericanos-del-siglo-xx.html

Reunião de estudos sobre alguns dos poetas mais importantes da tradição lírica hispano-americana, a série reuniu um total de estudos sobre 200 poetas e contou com a cumplicidade explícita de ensaístas de grande relevância em todo o continente de língua espanhola, que responderam generosamente ao nosso convite para preparar textos inéditos ou atualizar textos já escritos.

 

2023 | La juventud de la poesía en Brasil: muestra de poesía contemporánea

https://esteros.org/2024/01/11/la-juventud-de-la-poesia-en-brasil-muestra-de-poesia-contemporanea/

A revista uruguaia Esteros apresenta um panorama bastante detalhado da poesia contemporânea no Brasil, com seleção e tradução cuidadosamente feita por Floriano Martins e Elys Regina Zils que permite uma reveladora viagem pelo complexo mar da poesia brasileira, sua diversidade, suas coincidências, suas preocupações e os caminhos que vem traçando na poesia universal.

 

2024 | Voces femeninas de la poesía brasileña actual

https://www.laotrarevista.com/tag/voces-femeninas-de-la-poesia-brasilena-actual/

Curadoria e tradução de Elys Regina Zils e Floriano Martins, para a revista mexicana La Otra. Acompanha uma mostra de obras da artista plástica Laura Aidar. Ao final da apresentação se diz: Este espaço é uma oportunidade para nos libertarmos da asfixia histórica paralisante e contribuir para um mundo que possa ser nutrido pela sua fluidez de sensibilidade e conhecimento. Deixe o mundo imaginar que há mulheres suficientes na sua plataforma para mudar a sua razão de ser.

 

 

Agulha Revista de Cultura

editora | ELYS REGINA ZILS | elysre@gmail.com

https://www.instagram.com/agulharevistadecultura/

http://arcagulharevistadecultura.blogspot.com/

ARC Edições © 1999-2024

 


 

 

EDITORAS

  

 

BRASIL | ARC Edições

https://arcagulharevistadecultura.blogspot.com/2019/01/arc-edicoes-catalogo-2013-2018.html

Floriano Martins: Floriano.agulha@gmail.com

ARC Edições surge em 2010, primeiramente como uma pequena casa de edições virtuais, cujo catálogo de 14 livros atendia pelo nome de Coleção de Areia. Alguns dos livros ali publicados foram posteriormente reeditados pela coleção O amor pelas palavras, uma coedição entre Editora Cintra e ARC Edições, de circulação exclusiva pela Amazon – hoje fora de mercado. Somente em 2013 a editora passou a produzir um catálogo de títulos impressos.

 

 

BRASIL | Macabéa Edições

https://www.macabeaedicoes.com/

Bianca Monteiro Garcia: macabea@macabeaedicoes.com

Fundada em 2017, a Macabéa Edições propõe-se a publicar obras de mulheres e sobre mulheres, em uma perspectiva ampla: trabalhos de ficção e não ficção, em todos os gêneros textuais, que tragam uma expressão da mulheridade, por meio de protagonismo, vivência ou ponto de vista. 

 

 

BRASIL | Sol Negro Edições

https://solnegroeditora.blogspot.com/

Márcio Simões: edsolnegro@hotmail.com 

A Sol Negro Edições é uma editora sediada em Natal-RN, que edita majoritariamente livros artesanais em pequenas tiragens. Numa época em que a Grande Ilusão Conceitual dos meios de comunicação e o simulacro da imagem espe(ta)cular acreditam pautar toda a vida social e mesmo os desvãos do pensamento mais íntimo, a Sol Negro surge do mais puro sonho e força imaginária a favor do desejo: editar livros com qualidade literária e gráfica, de maneira acessível e independente, abordando assuntos, autores e visões que estejam à margem dos interesses representados pelas grandes editoras e conglomerados de informação. Arte paga com arte. 

 

 

BRASIL | Tan Editorial

https://taneditorial.com.br/

Thomaz Albornoz Neves: albornozneves@gmail.com

Idealizada por Thomaz Albornoz Neves, a chancela tan ed. reúne títulos de autores cisplatinos e afins. São obras de fotografia, arte, poesia, ensaio e relato escritas em português e espanhol (com alguma pitada de portunhol). O empreendimento é solitário, sazonal e sem fins lucrativos. Os livros têm a mesma identidade gráfica e são, na sua maioria, ilustrados com desenhos do editor. A tiragem varia entre 75 e 300 exemplares numerados.

 

 

CHILE | LP5 Editora

https://lp5editora.blogspot.com/

Gladys Mendía: mendia.gladys@gmail.com

Editora independente e nômade dedicada a apoiar e difundir a literatura e as artes atuais. Gladys Mendía é editora fundadora da LP5 Editora, que existe desde 2004. Como editora desenvolveu mais de vinte e cinco coleções entre poesia, narrativa, ensaios e audiovisuais, publicando mais de 500 autores. 

 

 

Agulha Revista de Cultura

editora | ELYS REGINA ZILS | elysre@gmail.com

https://www.instagram.com/agulharevistadecultura/

http://arcagulharevistadecultura.blogspot.com/

ARC Edições © 1999-2024

 


 



OUTRAS REVISTAS

 

 

BRASIL | Acrobata

https://revistaacrobata.com.br/

Demetrios Galvão: demetrios.galvao@yahoo.com.br 

Acrobata foi criada em 2004, primeiramente em formato impresso, posteriormente passando apenas ao formato digital. É uma publicação múltipla, de criação e estudos críticos em várias áreas. Nela se destaca o Atlas Lírico da América Hispânica, ousado projeto dedicado à publicação de poetas hispano-americanos em português. 

 

 

BRASIL | Diversos Afins

http://diversosafins.com.br/

Fabiano Brandão: diversosafins@gmail.com e revistadiversosafins@gmail.com

A revista foi criada em 2006 e desde então circula ininterruptamente em formato digital, abrangendo um diversificado painel relacionado às letras, à música, ao mundo plástico, tanto na criação quanto na reflexão crítica. 

 

 

BRASIL | Ruído Manifesto

https://ruidomanifesto.org/

Matheus Guménin Barreto: matheusgumenin@hotmail.com e matheus.barreto@alumni.usp.br

Dedicada à literatura, à crítica e ao audiovisual, Ruído Manifesto foi criada em 2017, circula no formato digital, destacando-se como uma das publicações mais versáteis e relevantes existentes hoje no Brasil. 

 

 

BOLÍVIA | La Trini

https://www.revistalatrini.com/

Vadik Barrón: latrinicultural@gmail.com

La Trini foi criada em 2022 e circula tanto no formato digital quanto impresso. Trata-se de uma revista cultural independente especializada em artes e culturas da Bolívia.

 

 

CHILE | Altazor

https://www.revistaaltazor.cl/

Mario Meléndez: mariomelendez71@hotmail.com

Altazor é uma revista electrônica de literatura, criada em 2000, dedicada exclusivamente à poesia. Circula semanal e é editada pela Fundação Vicente Huidobro. 

 

 

CHILE | LP5 – Revista de Literatura y Arte

https://lp5.cl/

Gladys Mendía: mendia.gladys@gmail.com

LP5 (Los Poetas del 5) foi criada em 2004 no Chile, com a missão de amplificar as vozes latino-americanas e globais através de plataformas digitais como LP5.cl, Blog LP5 e YouTube. Seu símbolo, a mão do filósofo, representa a abertura à criatividade. O LP5 promove a colaboração entre escritores e artistas, fomenta novas linguagens e celebra a diversidade de gêneros e culturas, criando um mosaico criativo em constante evolução.

 

 

MÉXICO | Blanco Móvil

https://blancomovil.com.mx/

Eduardo Mosches: blanco.19mosches85@yahoo 

Melissa Pastel: delineria@gmail.com

Blanco Móvil é uma revista impressa que existe desde 1985, tendo sido criada com uma característica singular de que cada edição se dedica a um único tema. Atualmente a revista também se encontra em formato digital. 

 

 

MÉXICO | La Otra

https://www.laotrarevista.com/

José Ángel Leyva: josanley@gmail.com

Revista de Poesia + Artes Visuais + Outras Letras, La Otra foi criada em 2008, convivendo nos formatos impresso e digital, apresentando-se como uma publicação literária que tem como principal pilar a poesia (abrange ensaios, entrevistas, recensões de poesia), embora inclua também outras disciplinas literárias e visuais. Seu objetivo é contribuir para ampliar o horizonte literário, particularmente a poesia, do nosso país e do mundo, nas esferas mexicana e latino-americana.

 

 

NICARÁGUA | 400 Elefantes

https://400elefantes.wordpress.com/

Marta Leonor González: 400elefantes@gmail.com

Juan Sobalvarro: jsobalvarro70@hotmail.com

400 Elefantes fue creada en 1994 como una revista impresa por ambos escritores. En 1997 crearon la revista electrónica que estuvo alojada en distintos sitios, iniciando en Geocities, hasta su residencia actual. Ahora la revista sólo se edita en formato digital.

 

  

URUGUAI | Esteros

https://esteros.org/esteros-revista-literaria/

Carolina Zamudio: carozamudio@gmail.com

Esteros – que existe desde 2019, sendo publicação vinculada a uma fundação cultural homônima – é uma revista de divulgação, pesquisa, estudo e compêndio – limitado, mas ilimitado – de todas as letras, em suas mais variadas formas de expressão, envolvendo desde os clássicos aos exaltados escritores contemporâneos.

 

 

FRANÇA | Ojo Vulgar

https://www.instagram.com/ojovulgar/

https://sites.google.com/ojovulgar.com/ojovulgar/accueil

Natalia Vélez: info@ojovulgar.com

Ojo Vulgar foi criada em 2020 e circula apenas em formato impresso. Segundo sua editora, a revista tem como eixo o papel da arte e da cultura na atualidade, convidando produções com elevado espírito crítico para promover diálogos entre artistas e agentes culturais com a sociedade. É necessária uma viagem no tempo através dos movimentos artísticos para compreender a história das respectivas influências estéticas nos nossos dois continentes: Europa e América Latina.

 

 

PORTUGAL | Athena

https://athena.pt/

Júlia Moura Lopes: revista.athena2017@athena  

Athena foi criada em 2017, é uma revista de circulação trimestral em formato digital, que apresenta criação e estudos críticos em caráter variado. Como está dito em sua apresentação, Athena tem como objetivo a comunicação através da divulgação do conhecimento e criatividade.

 

 

PORTUGAL | Triplov

https://triplov.com/

Maria Estela Guedes: estela@triplov.com

Triplov foi criado em 2001, como um banco de dados que reunia material de estudo referente a temas como letras, teatro, ficção, gnose, cibercultura, botânica, naturalismo, ornitologia etc. Posteriormente seria criada, em 2017, a Revista Triplov de Artes, Religiões, Ciências.

 

 

 

Agulha Revista de Cultura

editora | ELYS REGINA ZILS | elysre@gmail.com

https://www.instagram.com/agulharevistadecultura/

http://arcagulharevistadecultura.blogspot.com/

ARC Edições © 1999-2024